Tuesday, April 18, 2006

Malthus Altak é um
dos maiores expoentes da nova geração de empreendedores sociais que estão ajudando a dinamizar comunidades saudáveis onde os diferentes atores sociais coexistem em forte sinergia e compartilham de objetivos comuns. Malthus foi dublê em Hollywood na década de 80, escreveu vários livros sobre química orgânica, dedicou-se mais de uma vez a tradução de trechos da Divina Comédia e dos Lusíadas do Inglês para o Português e desse último para o Russo e o Chinês. Casado e pai de nove filhos, Malthus mostra-se saudosista dos dias que viveu com sua família no sul da Tasmânia trabalhando para o governo dinamarquês com pesquisa e análise da qualidade do ar na inigualável ilha do sul da Austrália. Ardoroso defensor dos valores tradicionais das sociedades patriarcais, Malthus prepara-se para seu mais inusitado projeto: o DGNX II.

Durante sua breve estada em Porto Alegre, enquanto se preparava para voar para Toronto no dia seguinte, pude trocar uma idéia com ele. Conversamos por cerca de uma hora. Entre cafés e salgadinhos no salão do hotel que se hospedou, nossa conversa foi mais ou menos essa:

Qual deve ser a tônica do encontro em Toronto na semana que vem?

Basicamente vamos agir em dois fronts. Primeiro na mobilização das lideranças empresariais e libertárias da cidade para que reúnam recursos financeiros e intelectuais para ajudar a implodir as células secretas da Liga das Trevas na América Latina que controlam uma grande rede de TV, o NST, o crime organizado e grande parte do aparelho estatal. A seguir vamos apresentar algumas explanações mais teóricas com forte fundamento histórico de como essas células estão se infiltrando em todos os segmentos das sociedades mundiais, superando a si mesmas, enganando autoridades locais, subornando políticos, ajudando a fomentar o caos em nações subdesenvolvidas e promovendo um novo tipo de civilização sem consideração com o legado das gerações anteriores.

Por que fazem isso?

Por dois únicos objetivos: corromper e banir o verdadeiro cristianismo da face da terra e viabilizar a projeção de um futuro governo mundial. Falo mais sobre isso no meu livro: “A Lógica por trás do aparente Caos”.

Que por sinal está vendendo muito pouco...

Certamente. Já me familiarizei com fracassos. Aprendi, entretanto, que o fracasso não decorre necessariamente por debilidade ou insensatez minha, mas porque a opinião pública não tem os instrumentos mentais adequados para discernir a verdade contida nas minhas obras.

Como assim?

A mente contemporânea funciona numa escala reducionista estritamente em consonância com as instruções da grande mídia, das falácias intelectuais da escola niilista gnóstica e dos torpedos fantasiosos do mundo do entretenimento. Para começar a entender o que escrevo é preciso romper com as categorias contemporâneas de pensamento.

Continua no próximo post.

2 comments:

Ethan75 said...

"A Lógica por trás do Caos" é um livro que a Liga das Trevas estremece só de ouvir falar.

Michael said...

Daniel, I tried to get info about Malthus Altak on Google and it didn't find any register.I can't find any info about that book too. Could somebody provide a link to find out more about this issue. Thanks